Blog

Conheça o IVAR, novo índice da FGV para reajuste de aluguéis

Notícias

Após disparada do IGP-M, FGV cria índice com base em contratos assinados. Confira!

Foi lançado ontem, 11/01, o IVAR, Índice de Variação de Aluguéis Residenciais, criado pela FGV para medir a variação de preços dos aluguéis residenciais. A novidade vem em razão do aumento desproporcional e inesperado do IGP-M, tradicional índice utilizado para essa finalidade, que assustou muitos inquilinos.

O IVAR, assim como os demais índices, será divulgado mensalmente, utilizando informações dos contratos assinados entre locadores e locatários, cerca de 10 mil por mês, intermediados por empresas administradoras de imóveis em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre, como a QuintoAndar, o que refletirá melhor o cenário do mercado de locação de imóveis residenciais.

De acordo com os cálculos anunciados, em dezembro o IVAR subiu 0,66%, contra 0,79% em novembro. O acumulado de doze meses ficou em -0,61% em dezembro.  Para Paulo Picchetti, pesquisador do Ibre/FGV e responsável pela metodologia do IVAR, houve perda do poder de compra e do emprego durante a pandemia, o que explica a queda acumulada do índice em doze meses.

Vale lembrar, hoje, o IGP-M é o indicador mais usado para reajuste de contratos de aluguel, mas não existe uma regra que obrigue a utilização do indicador. Apesar de ser o mais comum, o índice de reajuste é determinado no contrato de locação, de acordo com a vontade das partes.

Ficou com alguma dúvida? Você pode entrar em contato através de nosso site, www.advbc.com.br, ou WhatsApp, http://bit.ly/2wLoGGq.

keyboard_arrow_up Ícone Whatsapp PNG